A engenharia reversa da matéria: Questionando a desconstrução e a vibração em diferentes níveis, do átomo à luz

113 visualizaçõesFísica e Mecânica QuânticaOutrosenergia

A engenharia reversa da matéria: Questionando a desconstrução e a vibração em diferentes níveis, do átomo à luz

No caso a ordem inversa da luz > quarks > prótons > átomos > matéria, a desconstrução disso, ou a engenharia reversa da matéria, está parada também? Estou tentando entender se numa hipótese, pegarmos uma amostra de matéria e se fosse reduzido a um átomo, então não estaria parado, isso é correto afirmar? Depois que virar matéria, para 100%, e não tem como mais voltar (reduzir a átomo)? Mas daí se for reduzir a matéria a um átomo implica em não estar parado, não? Essa dúvida é para entender se em último nível tudo está “vibrando” ou não, afinal tudo é átomo…

ISC publicado 31 de maio de 2023

O que para é a frequência da luz, a frequência da luz. E então vem o colapso para partículas.
A partícula bariônica, ou matéria, já não é mais luz, embora a luz esteja contida ali por uma quantidade imensa de energia que a colapsou.
A partir desse ponto, essa matéria passa a ter a sua vibração especifica no plano da matéria bariônica, que não tem nada mais a ver com a perda do movimento ondulatório da luz que o formou. É vibração de frequência da partícula “solida” resultante, não é mais luz, é matéria bariônica e passa a estar sujeita às leis de energia do mundo quântico que conhecemos.
Se você conseguir desagregar de novo essas estruturas atômicas, essa imensa quantidade de energia que foi necessário para parar a luz e colapsar as partículas, é liberada. O que ocorre numa bomba atômica, onde somente 40 kg de uranio desintegrados, desprenderam reversamente a energia que foi contida nas partículas para as colapsar originalmente. E destroem uma cidade inteira com esta energia.

Fonte: Danilo Noronha (exordium.com.br)

ISC publicado 7 de junho de 2023
0
Você está visualizando 1 de 1 respostas, clique aqui para ler todas as respostas.